Os Canadiens europeus

Sim, amigos, o Velho Continente também tem o seu Bleu-Blanc-Rouge! Trata-se do Brûleurs de Loups de Grenoble, time francês da belíssima cidade alpina de Grenoble, que está fazendo história no país dos queijos fedorentos e vinhos saborosos.

De 2007 para cá, ninguém ganhou mais títulos no mundo do hockey do que os Brûleurs de Loups, que vão construindo sua dinastia em solo francês: 2 Ligues Magnus (2007 e 2009), 2 Coupes de France (2008 e 2009), 3 Coupes de la Ligue (2007, 2008 e 2009) e 1 Trophée des Champions (2008).

O time que revelou nosso amigo Cristobal Huet conta, hoje em dia, com um goleiro melhor que seu antecessor famoso: Eddy Ferhi é o nome da fera. O puto catou até pensamento em todos os (cinco) jogos que eu já tive o prazer de ver os queimadores de lobos no gelo! E não apenas nos jogos que eu vi, pois Fehri é o atual bi-campeão do prêmio de melhor goleiro da França, o qual Huet ganhou em 1998, e foi o goleiro do selecionado francês no IIHF World Championship 2009.

Além do goleiro sólido como rocha - algo que anda em falta lá pelas bandas de Montréal, o time conta com o experiente capitão do time e da seleção francesa, Baptiste Amar, comandando sua equipe lá da linha azul, com muita força física na hora de distribuir hits, disposição para bloquear chutes e bom apoio ao ataque, principalmente em situações de vantagem numérica. Por essas qualidades, Amar ganhou o prêmio de melhor jogador da Ligue Magnus na temporada 2008-2009.

Ainda na retaguarda, destaque para os defensores suecos Calle Bergström e Viktor Wallin. Ambos contam com chutes mais potentes que o viadinho do Chara. Fora a potência, o mais importante: ao contrário do grandalhão dos Ruins, os suecos do Grenoble chutam com mira milimétrica, marcando muitos gols. Exemplo disso tivemos nas finais da Ligue Magnus (a LNH da França): Bergström fez dois gols no jogo 3, e Wallin fez um tour du chapeau (hat trick) no jogo 4.

No ataque, o time perdeu essa temporada o arisco Sacha Treille, também do selecionado nacional, que foi jogar na Elitserien sueca. Entretanto, jovens talentos como Damien Fleury (que marcou dois gols no jogo decisivo da Ligue Magnus) e Christophe Tartari ainda garantirão muitas alegrias para o esquadrão Grenoblois! Obviamente, o artilheiro tcheco do time, Mitja Sivic, também dá uma forcinha...

Nos títulos mais recentes, domínio total frente aos adversários: 6-1 em cima do Dijon na final da Coupe de France; 4-3 em cima do Briançon na Coupe de la Ligue; e 3-1 na série final da Ligue Magnus contra os mesmos fregueses de Briançon (3-5, 3-0, 3-1 e 5-1).

Para completar, um time Glorieux necessita de uma torcida fanática e apaixonada. E os Brûleurs de Loups também tem esse ingrediente! Seus torcedores cantam e batucam o jogo inteiro, sem pausa nem durante os intervalos!!! Fora que as pomponzetes são todas muito peitudas e gostosíssimas!!!

Eles também "homenageiam" os goleiros adversários, com cantos irônicos. Quem sofreu isso na pele foi Toni Satosaari, do Briançon, que teve seu nome cantado pela torcida no jogo 4 da final da Ligue Magnus e se descontrolou, recebendo 22 minutos de penalidade (2 por hooking e 20 por 2 condutas anti-desportivas, ao brigar com o juiz!).

Outro episódio protagonizado pela eletrizante torcida grenoblois, pouco comum nos estádios de hockey, foi o coro de "Ils sont nerveux (eles estão nervosos)", para "homenagear" o time do Briançon, no mesmo jogo 4, quando os adversários perdiam o jogo por 3-0 e a cabeça, cometendo penalidade atrás de penalidade.

Animados pelo narrador do estádio, que ajuda a puxar os coros de "Allez, Grenoble, allez" de várias formas possíveis - até no ritmo de Yellow Submarine, os amantes do hockey na cidade de Grenoble dão o tom dos espetáculos fora do gelo. Porque, no gelo, são os Brûleurs de Loups que dão as cartas no hockey europeu! Que se cuidem seus adversários na próxima Champions Hockey League!!!

6 comentários:

Saku Koivu disse...

Gente, eu sei que ninguém vai ler essa porra mesmo, mas eu achei pertinente botar aqui essa merda que eu escrevi lá no blog dos Habs...

Juan Valencia disse...

Blz, achei muito interessante a materia, alias me fez lembrar que um time da National League A, tem um logo bastante similar ao do Canadiens, o Fribourg-Gottéron. Só que num tem o mesmo numero de titulos do Habs :p

Igor Veiga disse...

Bem que eu achei que ja tinha lido isso em algum lugar... eu lembrava que era num site muito foda e tal... agora sim caiu a ficha: no blog dos Canadiens!

Mas caralho, vale campeonato frances, tambem?
Pensei que o limite das nossas fronteiras fossem ali pela Alemanha, Suiça... :P

Juan Valencia disse...

vale até da mongolia :p

Bem, sei lá, eupelo menos nos posts vou tentar cobrir mais KHL, Elitserien, e SM-Liiga, mas se tiver algo interessante de alguma outra liga po posta

Avalanche BR disse...

Quando Vi canadians...era mais uma fantasia do Sader

Saku Koivu disse...

hehehehehe

eu sempre baixo as finais da Ligue Magnus!!! E garanto que são muito fodas!!!

Postar um comentário

Contador de visitas